Archive for maio, 2010

E depois da lágrima, a alma acordou. Calma.  Mas ela é tão bonita e nem sabe, assim, quando sorri. Mas ela é tanto que não vê. Me disse que tem medo de ser… e quem não é? Aprendi que depois de uma certa idade, a gente se valoriza – disseram. Aprendi que depois de uma certa idade […]


Cortei. E não me arrependi.


Um dia, você disse que tinha medo. Medo de eu não gostar mais de você. Medo do dia em que eu te deixaria, pois você já previa todo o nosso acontecimento. Você nos previu. Um dia, eu disse que nunca. E era pra sempre. Então, você chorou e eu te olhei. Não chorei junto. Os […]


Vou te ligar. Você sabe, eu gosto de você. A bateria acabou. Não vi a sua chamada. O carro quebrou. Estou sem dinheiro. Preciso estudar. É aniversário da minha avó. A ligação estava ruim. Fiquei online e você não apareceu. Desculpa. Pensei que não estivesse em casa. Quem nunca gostou de um idiota? A verdade […]