Saramago Vive

18jun10

Acordei com a notícia. Estranho. Eu já tinha até esquecido que essas coisas poderiam acontecer. Não era imortal? Triste. De tanto lê-lo, parecia bem aqui. Do lado. Próximo. Não mais. Aconteceu de ser assim, alguma coisa de distância e fim. Não mais palavras. Ainda há aquelas outras. Aquelas muitas e muitas outras. Ininterruptas. Dizia que há coisas que nunca se poderão explicar por palavras. E como? Se sempre explicou “crispadamente recolhido e mudo, que quem se cala não poderá morrer sem dizer tudo”. E ele disse, calado. O meu agradecimento ao gênio José Saramago, por sua existência e contribuição à língua portuguesa. Eterno.

Anúncios


No Responses Yet to “Saramago Vive”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: